Arquivo da categoria: Cotidiano

* 676

A velhice nunca vem desacompanhada, involuntariamente segue um pacto honroso com a solidão, torna-se um declínio imposto pela rejeição, é um sentido imposto sob pena de reclusão por não sermos mais parte ativa de uma multidão, em tempos outrora a … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

* 675

O tempo não permitem marcha a ré, são engrenagens que exigem soluções adiante, são marchas silenciosas que seguem só a frente, é um percurso com vários sentidos, o verdadeiro sentido ressurgem com as realizações, cheios de regras onde os reconcertos … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

* 674

Ódio e amor não são simplesmente uma metáfora, é a frente e avesso da mesma paixão, o ódio encaminha-se a loucura, o amor é a desforra de uma reclusão, a discórdia nos levam a uma bifurcação, amor ou ódio, é … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

* 673

Palavras não dispõem de faces, o entendimento tornam-se dúbio por vezes, são os momentos vivenciados que nos levam a diretrizes equivocadas, se prevalecerem o silêncio entre as partes com certeza teremos maus entendimentos, + também ocorreriam a falta de espaço … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

* 672

A saudade ressurgem não porque existam somente uma ausência, e sim porque um dia já estivemos juntos, a nostalgia alimentam esses sentimentos, são velhos tempos, velhos dias que um dia fizeram parte de uma vida, sentimento é um caminho de … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário